Skip to main content

Popular posts from this blog

Tras di Son - Letras di Mukiza

1. UN BATUKU XATIADU SI Música: Djinho Barbosa Letra: Princesito 2. MINDEL MIND – KOLADERA RASGADU Música: Djinho Barbosa Letra: Djinho e Kaká Barbosa n´fazebe es coladera assim nes ton rasgode di sol menor cor d´nha sentimente native bôs note t´inspira un melodia suave k´ta kalentá coraçon d´kriole pa esvanece´l se dia ingrote bô mind bô natureza levobe postá na diferença bô mind bô morabeza vrobe un terra sabin na dvera bôs move t´inspira alma dun criatura pa sarandiá place and place tê ke sol bafá strela ma lua Mindel... n´fazebe es coladera assim un ton vibrode na nha deseje cor d´nha sentimente native Mindel... pa esvanece´l se dia ingrote tê k´sol bafá strela ma lua Mindel Mind... cor d´nha sentimente native Mindel Mind... pa esvanece´l se dia ingrote Mindel Mind... 3. UM ZIBIU PA TIO ABILIO Música e Letra: Djinho Barbosa Tema pa Abílio Duarte ês morna ê um segredo di meu um Son um lamentu di nha coraSon oji n’xinti um bater más forti un pulsar um vibraSon sinceru un sonho um mel

“ Musica é más ki mi menor, é um Pauta cheio de Memória...”

Texto de Abraão Vicente : A semana passada foi a semana com maior movimentação cultural de que tenho memória desde a minha chegada à nossa Praia Maria, capital “calderon cultural”(son di santiagu) de Cabo Verde. Numa só semana : Joaquim Arenas lança “A verdade de Xindu Luz” e abre caminha para a da Feira do Livro, uma grande avalanche de gente faminta de livros a dar a cara e a esvaziar os bolsos na Biblioteca Nacional. Mais uma vez o Centro Cultural Francês a dar o exemplo e a fazer escola na promoção cultural: Quarta: Trio Sulabanco, Quinta Feira: grande Show de Djinho Barbosa e Trás di Son, Sexta Feira abertura da exposição de reciclagem “Do Lixo ao Luxo” de Kajó, Sabado: Raiz di Polón em tourneé internacional também em terras criolas. Raiz di Polón faz história nestes tempos de muitos lamentos e chorinhos por parte dos artistas. Creio ser de destacar como um dos actuais homens fortes da nossa cultura o dançarino e coreógrafo Manu Pretu, pelo seu grande poder criativo e como me